Fiz e venci – Cenourinha em forma de coração

Eu to me sentindo uma velhinha que só posta as comidas que fez pros filhos, mas acho que essa tem sido a forma que eu achei pra mostrar carinho nos ultimos tempos.

Aproveitando o climinha frio de ontem resolvi fazer uma sopa de letrinhas pro Josh (ele ama achar as letras do nome dele) e coloquei um pouquinho de cenoura, brocolis e amor! Compartilhei a foto no Instagram, ficou uma fofura!

Captura de tela 2013-04-11 às 16.48.14 Continuar lendo “Fiz e venci – Cenourinha em forma de coração”

Uma receita simples e gostosinha – Palha Italiana

No corre de todo dia eu busco achar receitas simples, rapidas e bem gostosinhas pra aliviar a canseira e alimentar mais do que a barriga. Ah, o  prazer de comer uma comidinha feita com carinho, com cheiro e gosto de amor <3 E por aqui eu tenho adoçado os meus dias e os dias dos que estão a minha volta com palha italiana. A receita é muito simples, o doce fica muito gostoso e te da muitas possibilidades.

Você vai precisar de:

photo 1

1 lata de leite condensado
1 barra de chocolate meio amargo derretido
1 pacote de biscoito de maisena em farinha
2 colheres de margarina

Continuar lendo “Uma receita simples e gostosinha – Palha Italiana”

Fiz e venci – Reaproveitando Giz de Cera

Não sei se é de costume de outras mães ou se isso é coisa minha por ser mais ‘crafty’ mesmo, mas vivo a vida viajando no pinterest (me segue lá!) e vendo um milhão de coisas que adoraria fazer, tenho alguns boards de projetos e de DIY, as coisas que derem certo, vou passar a compartilhar por aqui, porque a gente sabe, que tem muita coisa no pinterest que parece simples, mas no final das contas não é.

Pra começar eu escolhi o mais simples de todos e que me deu uma aliviada na bagunça da caixinha de lapis de cor e giz do Josh. Vi mais de um milhão de vezes na minha timeline esse projeto pro Valetine’s day e hoje, depois de catar micro pedaços de giz na sala pela 20a. vez eu decidi tomar uma atitude.

giz Continuar lendo “Fiz e venci – Reaproveitando Giz de Cera”

ela chegou!

Depois de muita espera, ansiedade e preparo, recebemos com alegria a pequena Zoey. Não tenho palavras pra explicar como tem sido minha vida desde que ela chegou, sinto como se estivesse me afogando em amor a cada instante, cada olhar, cada vez que vejo o Josh sendo carinhoso com a irmãzinha, cada toque e cuidado com ela, tudo faz sentido agora, tudo que passou, ficou lá  atrás, agora é só alegria e amor.

Zoey chegou um pouquinho antes da hora, uma semana antes da data pré agendada, eal resolveu estourar a bolsa e dar um oi pra gente assim que completou 38 semanas na casinha. Apesar da surpresa, foi tudo tranquilo, a operção foi ótima e hoje duas semanas e meia depois, já me sinto muito bem.

Ainda não me acostumei com a rotina, mas aos poucos eu sinto o cansaço indo embora e meu corpo e mente mais preparados pra cuidar dos meus dois lindinhos com tranquilidade. Não tenho do que reclamar, a vida é boa.

joshZOZO

 

all you need is love

“você precisa aprender a viver conforme o que a vida pede”

meu companheiro

Foi meu Vô que me disse isso aí. Uma coisa tão besta, tão simples, mas que  fez muito sentido ouvir naquele momento. Ele estava falando de se entregar, viver intensamente o momento, não ter medo e se responsabilizar por aquilo que a vida pedir. Ser quem você é.
A maternidade chega pra algumas pessoas com planejamento e escolha, pra outras chega por acaso, mas independente de como veio, planejado ou não, se você não se entregar, a experiência pode deixar de valer a pena… é algo tão bonito, dolorido e recompensador, mas tem que se doar.
A gente tem que aprender a viver, e viver bem com as circunstancias que estão em volta. Caiu? Levanta a cabeça e segue em frente, sorrindo sempre.
E ó… não finge sorriso não! Olha em volta… ache motivos, faça motivos, faça terapia, faça valer a  pena, você tem o dia de hoje só por hoje, amanhã já foi embora e não tem como voltar atrás. Você pisca o olho e eles já estão tão diferentes…
A vida é uma montanha russa, cada hora uma coisa nova aparece e se apegar demais a um objetivo, pode ser um retrocesso. Uma simples virose pode acabar com os planos de uma semana inteira, mas o que é realmente importante no final? O que fica pra quem fica?

Meu desejo é me entregar e pular de cabeça, amar meus filhos, amar a minha vida. Viver cada segundo desse momento com intensidade… me responsabilizar pelo amor que essas criaturinhas vão receber. Não saber o que fazer, mas ainda assim, fazer o meu melhor. Me estressar, errar e continuar tentando. Ser mãe, ser amiga, ser filha, ser com eles e por eles.

Outra pessoa poderia fazer por mim, mas aí qual é ponto disso tudo?
Eu quero viver a vida que é MINHA.

Desejo isso pra vocês também, amem muito.

Momentinho hippie acabou ;p

fds em fotos

fds em fotos

1. karlota, minha amiga de adolescência, se casou nesse fds, parabéns aos noivos!
2. josh ficou doentinho, fomos correndo pro ps
3. aniversário do rod com o gui e a jaqueta dourada
4. festa no carrinho do mercado e melhor presente de natal ever.
5. primeiro desejo da gravidez: sanduíche de rúcula com requeijão e visita da vovó iraci.

fds, amizade, pais&filhos e presentes

ontem eu e o pequeno dinossauro tivemos o prazer da companhia do tio matheus que acabou de voltar de uma viagem maravilhosa e tava cheio de novidades pra contar.

mefs copy

recentemente o matheus se tornou repórter da revista pais&filhos, motivo pra gente comemorar muito e se orgulhar demais dele que ta fazendo um trabalho lindo. na edição de janeiro o nome dele já ta lá e ele assina 2 matérias – uma sobre beleza durante a gravidez e uma sobre a importância dos primos – , bela maneira de começar o ano! como amiga próxima e mãe de 2 (uma no forno), me sinto bem honrada de poder participar de alguma forma dessa nova fase, e dar uns pitacos aqui e ali quando ele precisa.

revista

ele, muito fofo como sempre, entupiu a gente de presentes e também trouxe a edição de janeiro da pais&filhos. confesso que revistas nunca foram fonte de pesquisa ou leitura sobre maternidade, apesar de gostar muito de ler sobre o assunto, sempre preferi blogs, foruns e sites. achei a revista linda e com bastante conteúdo bacana. as matérias são bem sérias e mostram que são escritas debaixo de muita pesquisa pra não falar besteira, não senti aquela coisa de  opiniões jogadas ao vento. não li muitas edições, mas pelo que vi da de janeiro, gostei bastante.

presentes

a zoey que nem chegou ainda já ta sendo mimada pelo tio, ganhou uma mamadeira de suco bem fofinha e um babador bandana, seguindo o tom do tênis dos meninos.
a gente ta torcendo muito pelo matheus e sempre que sair alguma matéria vamos falar por aqui!

parabéns mefs, o orgulho e a alegria de te ver se realizando não cabem em mim! muito sucesso e felicidade nesse novo momento <3

 

Uma reflexão sobre simplicidade

parquinho

Será que há 200 anos atrás tínhamos essa necessidade de conquistas? Digo, não imagino um camponês chegando para um amigo e dizendo: “cara, estou deprimido, reparei que não conquistei nada de importante na vida ultimamente.”
Não que eu ache ruim as pessoas quererem ter seu brilho próprio, longe disso. Mas a impressão que tenho é que isso virou uma espécie de obsessão. Ninguém mais se entrega tranqüilamente a uma vida simples, sem grandes aspirações, e é feliz assim. Mesmo quando há um movimento interno tentando fazer ela aceitar sua condição pacificamente, a pressão externa a agride a continuar “progredindo”, através da culpa, para agradar outros, ou por um senso comum meio deturpado pelos interesses de poucos.
Afinal de contas, O QUE É viver bem?

posso gastar todo um dia conversando sobre viver uma vida ‘simples’ e como absorver isso me fez uma pessoa mais contente com a minha rotina. não julgo aqueles que tem grandes aspirações porque não acho que todos tem que viver da mesma forma, como parte de um corpo cada um tem sua função e papel, mas tenho me encantado cada dia mais com pessoas que souberam desenvolver uma vida simples e achar felicidade em ter uma vida calma.
uma vida simples não é necessarimente mais fácil, menos trabalhosa, ou menos impactante.
uma das minhas grandes inspirações nesse momento tem sido a james do bleubird, mãe de 4 crianças, 2 pré adolescentes e 2 pequenos. Todos estudam em casa, comem organicos, são lindos, bem vestidos, super estimulados a leitura, a atividades offline e além de tudo a familia também cria galinhas. uma vida simples? talvez sejam ambições simples para a vida:  cuidar da casa e cuidar dos filhos.

Desktop4
não tenho direito algum sob essas imagens, todas servem pra ilustrar o post e vieram do instagram da james, @bleubird.

não consigo imaginar a quantidade de trabaho que ela tem como mãe. objetivos ‘simples’ que tomaram proporções grandiosas e que hj tem me influenciado, alguém que ela nunca vai ver, num país que ela provavelmente não vai visitar. mas todo esse circo na internet não tem valor nenhum se as atitudes reais só servirem pra fazer as fotos e não impactarem profundamente a vida dos filhos dela.
afinal, o que é viver bem? acredito que no caso dela, ela tenha abraçado com vontade seu papel.

foi bem bacana acompanhar as opiniões e ver o que algumas pessoas tinham a dizer a respeito disso tudo, achei que seria válido trazer a discussão pra cá e gostaria de ouvir o que vocês tem a dizer :)

afinal de contas, o que é viver bem?

O texto lá em cima eu tirei do facebook de uma amiga, o autor original dele é Tig Vieira

Nenê #2

zoeyjosh

Sim, sim estou grávida de novo! Tem gente achando que minhas fotos de barriga são só saudades da gravidez do Josh, mas não. Estou esperando uma menina :) Essa semana completei 29 semanas de gestação (7 meses, baby!) e ta uma delícia passar por essa experiência pela segunda vez. A ansiedade da espera é diferente, eu estou mais tranquila, mas os meus hormônios… esses continuam os mesmos. Hahaha.
Minha bonequinha já tem nome e vai se chamar Zoey, um nome de origem grega que quer dizer Vida. O irmão mais velho pode não entender com muita profundidade o que está acontecendo, mas é bonitinho ver o carinho que ele tem  pela minha barriga. Ele pede pra beijar e abraçar a Zoey, faz carinho na barriga e canta musiquinhas pra ela, não tem como descrever, só passando por isso mesmo pra ver e sentir, são momentos preciosos pra mim. Tenho certeza absoluta que ele vai ser um irmãozão e vai amar ter companhia pra brincar e ensinar tudo que já sabe.

Dei uma sumida do blog, pq me sentia muito mais na obrigação de postar as coisas do que vontade de compartilhar e trocar informações. Acabou ficando bem chato pra mim. Não é a intenção desse espaço… mas de qqr forma estou feliz de trazer essa noticia e espero que possa trocar mais com quem eventualmente passar por aqui. Agora é a vez do rosa na minha vida, estou ansiosa pra viver essa caminhada.

Que venha cheia de vida e amor, Zoey! <3